Onde está a felicidade?

Por Marcio Souza   |  

Moacir Franco vem e diz que felicidade começa com fé; Lupicínio Rodrigues  lamenta que a felicidade foi embora e a saudade no seu peito ainda mora; para o moço escorado no balcão do boteco, felicidade é o barulho da abertura da tampinha da próxima garrafa; Seu Jorge afirma que felicidade é viver na sua companhia; já a mulher que sofria violência doméstica comemora a felicidade na distância de com quem vivia; e em meio ao mundo de situações e dúvidas, Melim sugere que quando não souber o que pedir, peça felicidade.

A filosofia pode dar reforço ao entendimento de que felicidade, por si só e por sua amplitude, não existe; que seria a somatória de uma porção de momentos de alegria; na prática, de fato, ela às vezes nem é verdadeira, como o Michel Horn cantou em Felicidade Fake; na versão de Roberta Campos, a felidade começou quando houve o encontro de duas pessoas, que acabam se amando; para Fábio Jr a felicidade é algo tão intenso e gigantesco, que brilha no ar, como uma estrela, que não está lá. 

Sábado, 20 de março, foi o Dia Internacional da Felicidade. Mas o que é a felicidade? Neste momento de tensão, de pandemia, felicidade é saber que os que você quer bem estão sadios, ou que estão melhorando, caso tenham adoecido; é ver o pôr do sol e ter a esperança de que um novo dia virá; é cansar no trabalho, chegar em casa e relaxar; é ter alguém para chamar de amigo, mesmo que não esteja por perto; felicidade é o brilho no olhar da criança; é o sorriso do idoso ao se vacinar; é a capacidade de abrir os olhos pela manhã, olha pela janela e dizer: bora, lá; felicidade é ampla, como diz a filosofia, mas esta amplitude é particular, então, a felicidade pode ir de uma flor que brota no jardim ao florescer de uma plantação; felicidade não tem medida, não tem pedida, não tem custo; felicidade tem conquista, tem consagração. 

E, se algo te fez bem, neste dia, comemore. É a felicidade batendo na sua porta querendo entrar. Então abra e encare como o Mumuzinho, que diz Melhor que a vida não há... e eu mereço ser feliz.

Publicidade

Motasa Sicredi

NO AR.

17:00 ~ 19:00