CORAGEM x IMPRUDÊNCIA

Por Marcio Souza   |  

O mundo exige que empreendedores sejam bem mais do que pessoas capazes de gerir. As escolas formam cidadãos para serem empregados; os governos querem cidadãos qualificados para obedecer ordens. Não estamos preparados para empreender.

Quem se atira neste mar turbulento e turvo chamado mercado precisa ter muita coragem. É preciso mais do que saber nadar, porque não se sabe com o que vai se deparar. As surpresas podem surgir no seu microambiente, em percalços com a equipe; até no macro, com o surgimento de um vírus, que pode parar a produção mundial.

É necessário, portanto, muita coragem. Mas não é impossível. O único resultado certo que tem é: se nunca tentar, jamais conseguirá. Então, se você acredita que tem potencial, que tem um produto ou serviço inovador, que possa representar interesse no público e consequente ganhos, se atire. 

Esta coragem, no entanto, não pode ser confundida com imprudência. Não vá ao mar sem salvavidas, não empreenda sem planejamento, pesquisa, conhecimento do que você irá produzir ou serviço que irá prestar.

Se você não sabe nadar, ou planejar, procure quem saiba, busque uma companhia, cerque-se de pessoas com a habilidade que não tem para garantir uma navegação tranquila e que o resultado seja um "terra à vista".

Publicidade

Motasa Sicredi

NO AR.

17:00 ~ 19:00